A Virada da Educação em Minas Gerais

A Escola Estadual José Cristiano e a Escola Estadual Professora Marlene Carmo realizaram na manhã deste sábado (19) “A Virada da Educação”, um movimento que acontece em todo o estado de Minas e uniu Secretaria de Estado de Educação (SEE) e organizações da sociedade civil com o objetivo de criar condições para o retorno à vida escolar dos jovens que deixaram os estudos. Dados mostram que 14,4% dos adolescentes entre 15 a 17 anos estão fora da escola e que entre aqueles que continuam nas salas de aula, 40% estão atrasados nos estudos, repetiram de série ou ainda estão cursando o ensino fundamental.

O evento contou com a presença de centenas de alunos das duas escolas participantes que, com apitos, cartazes e parte da fanfarra, chamaram a atenção de quem estava no Mercado Municipal ou nos comércios do centro da cidade.

A professora Rosângela de Araújo Rosa, que leciona Química nas duas escolas participantes do evento, falou sobre o VEM: “Hoje todo o estado de minas está se movimentando, está se movendo pela virada da educação. Então, A Virada da Educação, inicialmente tem o objetivo de resgatar aquelas pessoas que estão fora da escola. O primeiro olhar é pra essas pessoas fora da escola, mais o olhar é insistente também pra toda sociedade civil, pra toda comunidade escolar, para olharem para a educação e que sejam parceiros nossos, sejam alunos evadidos da escola, que retornem porque não há bem maior do que a educação”.

Hoje, 19 de setembro, é o aniversário do educador Paulo Freire e a professora Rosângela completou dizendo: “Um país, uma sociedade, um mundo ele se transformam a partir do momento em que nós somos educados ou somos educadores. Então, segundo Paulo Freire, onde há homens, onde há mulheres, há sempre o que se ensinar e há sempre o que se aprender”.

Volte para a escola, aqui é o seu lugar! O seu futuro depende do seu esforço e da sua coragem de agir.
Não deixe para depois, tome uma atitude já!